Nova Zelândia anuncia a reabertura das fronteiras

Por: Antônio Franco - Migratu NZ




A Nova Zelândia anunciou a reabertura das fronteiras que será realizada em 3 estágios:


Estágio 1:


Kiwis e residentes totalmente vacinados e outros viajantes qualificados (viajantes vacinados que já possuam um visto ou que sejam de países que não exigem vistos para entrar na Nova Zelândia) podem viajar da Austrália para a Nova Zelândia sem permanecer em quarentena (MIQ) a partir das 23:59 de domingo, 16 de janeiro de 2022 (desde que tenham estado na Austrália ou na Nova Zelândia nos últimos 14 dias).


Para esta etapa, as agências trabalharão com as companhias aéreas na implementação de verificações de conformidade dos passageiros com os requisitos de viagem, incluindo o status de vacinação e teste antes da partida, antes da implementação de um Sistema de Declaração de Saúde do Viajante (THDS) digital no final de março.


Estágio 2:


Kiwis totalmente vacinados e outros viajantes qualificados (viajantes vacinados que já possuam um visto ou que sejam de países que não exigem vistos para entrar na Nova Zelândia), podem viajar para a Nova Zelândia de todos os outros países a partir das 23:59 de domingo, 13 de fevereiro de 2022, exceto países de risco muito alto (O Brasil ainda está na lista de países de alto risco, mas será removido em breve).


Países Classificados como Alto Risco:

A classificação de risco muito alto para Indonésia, Fiji, Índia, Paquistão e Brasil será removida no início do próximo mês.


Estágio 3:


Todos os indivíduos totalmente vacinados serão capazes de viajar para a Nova Zelândia a partir de 30 de abril de 2022, com a reabertura gradativa ao longo do tempo (possivelmente por categoria de vi


sto). Ainda não sabe ao certo o que o governo quis dizer com “reabertura gradativa”. Devamos aguardar os próximos pronunciamentos para mais detalhes.


Os neozelandeses totalmente vacinados terão mais facilidade para acharão mais fácil voltar para casa a partir de janeiro de 2022, e os estrangeiros a partir de abril, já que o governo irá remover de acordo com essas datas, a exigência de MIQ para a maioria dos viajantes, disse hoje o ministro da Resposta do COVID-19, Chris Hipkins.


A reabertura das fronteiras exigirá:


  • Teste de Covid-19 negativo antes da partida;

  • Comprovação de estar totalmente vacinado;

  • Declaração do passageiro sobre o histórico de viagens;

  • Teste de Covid-19 na chegada a Nova Zelândia;

  • Fazer um auto-isolamento por sete dias, e

  • Um teste final negativo antes de sair do auto-isolamento.

  • “Mais detalhes sobre como o auto-isolamento será implementado serão disponibilizados em dezembro e incluem orientações sobre como as pessoas podem viajar de seu aeroporto de chegada para seu local de auto-isolamento e requisitos para os locais onde podem se auto-isolar.



Fonte: https://www.beehive.govt.nz/release/reconnecting-new-zealand-%E2%80%93-next-steps