Tudo o que você precisa saber sobre viajar para a Nova Zelândia

O governo neozelândes delineou as regras para testes e isolamento para os viajantes internacionais que irão ingressar no país. As regras entrarão em vigor dia 28 de fevereiro, quando Kiwis vacinados e outros viajantes qualificados da Austrália serão os primeiros a entrar. Eles serão obrigados a fazer um teste antes da partida e as pessoas vacinadas poderão se auto-isolar. Viajantes não vacinados - permitidos no final deste ano - terão que entrar no MIQ.




Antes de viajar:


- Teste antes da partida, que poderia ser um teste de PCR dentro de 48 horas do voo, um teste rápido supervisionado de antígeno ou teste LAMP (amplificação isotérmica mediada por loop) dentro de 24 horas.


- A partir do final de março, preencher uma declaração on-line antes de viajar e enviar evidências de vacinação e um teste negativo antes da partida. Atualmente, eles seriam verificados manualmente pela equipe da companhia aérea no check-in.


Na chegada:


- Fazer o download do aplicativo Covid Tracer e levar três RATs para casa.


- Viajar diretamente para suas acomodações de isolamento e não visitar ninguém ou entrar em lojas ou empresas durante o isolamento de 7 dias.

- Usar máscara, higienizar e se distanciar o máximo possível.


Isolamento:


- Devem permanecer por sete dias completos e relatar os resultados de dois testes rápidos de antígeno no dia 01 e no dia 5/6.


- Caso testar positivo para Covid, precisam fazer um teste de PCR “para monitorar quaisquer novas variantes do Covid-19.



O ministro da saúde Chris Hipkins disse que viajantes internacionais poderão formar uma bolha com a família ou amigos, e esses poderão continuar a ir ao trabalho ou à escola, mas devem minimizar o contato com outras pessoas o máximo possível e nenhum visitante é permitido.


"Os viajantes poderão sair temporariamente do auto-isolamento em circunstâncias especiais, como visitar parentes doentes terminais, acessar cuidados de saúde urgentes ou comparecer a audiências judiciais, mas serão incentivados a fazer um RAT se visitarem um local de alto risco, como um hospital. ou instituição de cuidados a idosos e precisam seguir as medidas de saúde pública."


"Os requisitos mínimos de vacinação foram atualizados e serão aplicados a viajantes com 17 anos ou mais", disse Hipkins.



Veja também

Etapas reabertura das fronteiras