ESTUDO + TRABALHO

Trabalhando enquanto estuda na Nova Zelândia

Trabalhar enquanto você estuda na Nova Zelândia é uma ótima maneira de obter experiência profissional, fazer novos amigos e ajudar nos custos de vida. Apenas certifique-se de seguir as condições de trabalho do seu visto de estudante e encontre o equilíbrio certo entre trabalho, estudo e socialização.

 

Permissão de Trabalho para Cursos de Inglês na Nova Zelândia


Alunos que desejam estudar inglês na Nova Zelândia poderão trabalhar 20 horas por semana. Para isso precisam atender a três requisitos, o quais se aplicam somente para os programas de inglês:

  • Estudar o curso de Inglês em uma instituição categoria 1 

  • Estudar um curso de Inglês com carga horária de no mínimo 20 horas por semana;

  • Estudar um curso de Inglês com duração mínima de 14 semanas.

OBS: alunos matriculados em escolas que não são categoria 1, poderão estudar e trabalhar na Nova Zelândia, caso atendam os seguintes requisitos:

  • Estar matriculado em um curso de inglês por pelo menos 24 semanas;

  • Apresentar um teste de proficiência de inglês como IELTS, TOEFL, PTE, etc. A nota que deve ser apresentada é equivalente ao IELTS 5.0 e o teste deve ter menos que 2 anos, considerando a data de submissão do pedido de visto. 

 

Permissão de Trabalho para Cursos de Diplomas, Pós, Mestrado e Doutorado na Nova Zelândia


Esses cursos permitem o estudante trabalhar 20 horas semanais durante o período de estudo, e 40 horas semanais durante as férias do curso. São exemplos desses programas:

  • Cursos de Diplomas níveis 5, 6 e 7;

  • Bacharel (nível 7);

  • Pós-Graduação (nível 8);

  • Mestrado (nível 9);

  • Programas de PhD (nível 10) e Mestrado de Pesquisa, por serem programas para desenvolvimento de tese, o estudante pode trabalhar período integral (40hrs) durante todo o tempo de estudo.

Condições do seu visto

Seguindo as condições do seu visto os empregadores são legalmente obrigados a verificar se você pode trabalhar na Nova Zelândia antes de oferecer um emprego. Eles podem pedir para ver seu eVisa ou a carta da Imigração da Nova Zelândia informando que você pode trabalhar (ou eles podem pedir para ver os dois). Seu empregador pode usar o Serviço de Verificação de Vistos para verificar seu visto. Você deve seguir as condições do seu visto. Se você quebrar essas condições, poderá ser mandado para casa. Realmente não vale o risco! Se você tiver alguma dúvida sobre as condições do seu visto,  se informe com a Imigração da Nova Zelândia. 

 

Certifique-se de ter esses dados quando ligarem:

 

  • o número do seu passaporte;

  • seu número de cliente da Imigração da Nova Zelândia (este deve estar em todos os e-mails que você recebeu da Imigração da Nova Zelândia)

  • seu número de inscrição ou número de visto (este deve estar no seu eVisa). 

Equilíbrio estudo, trabalho e socialização

É importante lembrar que a principal razão pela qual você está na Nova Zelândia é estudar e viver em um novo país. Pense em quantas horas você pode trabalhar por semana e como você pode equilibrar isso com sua agenda de estudos. É necessário que você planeje seu trabalho em torno de suas aulas, tarefas e exames para garantir um bom progresso em seu curso e concluir todos os requisitos de seu curso, incluindo requisitos de frequência (que é um fator que a Imigração da Nova Zelândia pode analisar se você precisar solicitar qualquer visto de estudo adicional).

Trabalhos que você não pode fazer como estudante internacional

 

  • Você não pode trabalhar para si mesmo;

  • Você deve trabalhar para um empregador e ser contratado como empregado. Isso significa que você não pode trabalhar como contratado independente, ser autônomo ou criar seu próprio negócio ou empresa.

  • Você não pode fornecer serviços sexuais, operar um negócio que forneça serviços sexuais ou investir em um. Há muitas oportunidades melhores e mais seguras para você ganhar dinheiro durante sua estadia na Nova Zelândia.

Ainda tem alguma dúvida?
Entre em contato com os nossos consultores e vamos juntos construir o seu plano educacional na Nova Zelândia.